.: Julho 2009
.

um blog, aqui. uma peça, atualmente em cartaz. um filme, em algum lugar do futuro. músicas e sentimentos, em toda parte.

domingo, 26 de julho de 2009

mapas

não tenho ainda novos mapas, ando para frente um pouco sem rumo. não conheço mais os caminhos, eu que sempre te expliquei os caminhos, e não há guia de ruas que me salve.

ficções da memória

hoje senti você se estraçalhar no ar dentro de mim em forma de uma canção estranha e linda que flutuava meus ouvidos.

senti vontade de te escrever uma carta imensa.

senti vontade de verbalizar textualmente uma porção de sentimentos ocultos sob as cortinas gastas e pesadas das lembranças.

mas tudo acabou junto com a canção.

quarta-feira, 15 de julho de 2009

astronauta diz pra mim cadê você, bailarina não consegue mais viver...