.: Agosto 2010
.

um blog, aqui. uma peça, atualmente em cartaz. um filme, em algum lugar do futuro. músicas e sentimentos, em toda parte.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

personagens (ou as partes íntimas)

por K.T.


Eu não queria fazer uma poesia sobre nos dois,
Eu queria fazer uma poesia, sobre como a língua
Escorre por um corpo estranho com liberdade.
Eu queria fazer em prosa, disfarçado de poema
Um qualquer coisa sobre como os dedos tocam as partes íntimas.
E sobre como as partes íntimas não são aquelas por debaixo das saias.
Eu queria fazer um poema, em prosa, disfarçado de narração
Sobre a tentativa de se chegar as partes íntimas sem levantar saias.
mas não resisto


*


segundo Kauê, Felipe ouviria:

cena 6 é...

... um exército de negações com a ação mais afirmativa que um coração pode desejar; o compartilhamento desesperado de sentimentos bons que dóem; querer que um pouco de você entenda esse tanto de mim; um míssel que me devastou; o afeto inelutável; gostar tanto de você a ponto de querer amassar sua cara com um martelo; achar que o mundo desinteressante não pode comportar impune a presença de alguém tão estrondosamente especial; uma carta de amor (ridícula como todas as cartas de amor).


- Negue




Madrugada e Amor



.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

no bosque, um beijo




hoje eu queria te mandar um recado em papel cor de rosa dizendo "me encontre no bosque" - da mesma forma que aqueles dois personagens daquele filme execelente sabiam que deveriam se encontrar em Montauk.

e eu queria te encontrar no bosque, onde talvez fizesse frio e eu precisasse te abraçar para te esquentar.

e eu muito sem jeito tentaria te dizer alguma coisa, talvez fazer uma confissão, na tentativa de que ela levasse a um ato físico.

mas você, talvez ajudado pelo cosmos, talvez pelo presente de um amigo fiel, nem me deixaria falar.

porque me interromperia com um beijo.

nesse momento, uma música linda entraria sobre nós e diria tudo o que a boca calou, mas que o corpo sempre quis falar.


.

essa dor eu não quero pra ninguém no mundo

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Isabela


(muito em breve, nosso primeiro vídeo)


.

cale a minha boca

nos domingos à noite, as pequenas dores represadas pressionam com mais força a costura frágil que as retém.

na avenida movimentada, o cartaz do filme que eu carrego mostra um casal boiando (como se eu soubesse boiar...). Julian canta em meus ouvidos que há um momento em que todos falhamos e que alguns levam isso numa boa, outros descontam tudo em si mesmos.

por que ninguém tinha me avisado que era lua cheia? onde está Sinatra?

(voe-me para a lua e deixe-me cantar entre as estrelas...)

eu estou fingindo que tenho muita coragem. você percebe?

- ainda dá tempo de avisar que talvez eu descosture?
- uma cicatriz nas costas pode passar a vida sem ser vista.
- e se eu desabar em cima de você?
- mas e nas mãos?
- se você cair, eu te seguro.
- e fora do seu corpo?

se eu pergunto, alguém responde? você responde? o que eu digo te interessa?

- isso tudo é só desiludir-me na confirmação de que um ser não transpassa o outro como sombras que se trespassam?
- Sit me down, shut me up.


domingo, 22 de agosto de 2010

diário de ensaios #20

um dia de três cenas assim possivelmente intituladas:

- Um amor em emails e canções;
- Todas as coisas incríveis que combinamos de fazer juntos;
- Um sonho desconcertante.

*

um dia de várias músicas:

pessoas são como músicas, é verdade: algumas parecem desinteressante a princípio, mas depois crescem em você...


só deus sabe o que eu seria sem você...


um amor assim delicado, você pega e despreza. não devia ter despertado, ajoelha e não reza....


*

um dia de Cazuza, mostrando-nos algumas possibilidades.


... que no meu mundo um troço qualquer morreu, um corte lento e profundo entre você e eu.


*


e 'God Only Knows' e você tem a mesma triste similaridade: toda vez que termina eu quero apertar 'play' de novo.



*

sábado, 21 de agosto de 2010

um dia sem o diretor, outro com

the man I love






três da madrugada/ tudo e nada/ a cidade abandonada/ e essa rua não tem mais nada de mim






porque ele é mesmo inimitável. o Roberto.

diário de ensaios #19

músicas do dia:


1) Nosso Estranho Amor, por Caetano Veloso (& Marina Lima)

apenas te peço que aceite o meu estranho amor




2) Por Que A Gente É Assim, por Cazuza (& Barão Vermelho)

você tem exatamente 3 mil horas pra parar de me beijar. meu bem, você tem tudo pra me conquistar.




3) Instante de Dois, por Cibelle (no Música de Bolso)

não quero que você me assista, não quero que você me assuma...

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

diário de ensaios #18

músicas do dia:


1) Não Quero Você Assim, por Paulinho da Viola, Marisa Monte e Rafael Rabello.

(...importa apenas o teu sorriso e nada mais.)


2) Tá Combinado, por Maria Bethânia

(mas e se o amor pra nós chegar, de nós, de algum lugar, com todo seu tenebroso esplendor?)




3) Case-se Comigo, por Vanessa da Mata

(...antes que amanheça, antes que não pareça tão bom pedido.)



.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

diário de ensaios #17

músicas do dia:


1) Exit Music (For a Film), por Radiohead




2) Oh! You Pretty Things, por Seu Jorge (relendo Bowie)




3) Green Grass, por Cibelle (relendo Waits)

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

diário de ensaios #16

músicas do dia:


1) Olha, por Roberto Carlos




2) Sua Estupidez, por Gal Costa




3) Como Dois e Dois, por Roberto Carlos

(um vídeo antológico e uma releitura de cortar os pulsos, separados por um fio de tempo)



segunda-feira, 16 de agosto de 2010

o melhor modo de despistar é dizer a verdade

[Amor será dar de presente um ao outro a própria solidão? Pois é a coisa mais última que se pode dar de si.]



Era mentira. Agora que você está perto eu sei que eu nunca quis de verdade que você fosse embora. Eu agora me lembro de quanto eu gosto de você por perto. Da sua carne perto, daquilo em que você acredita, do que você faz, da forma como você gosta do que gosta.

Você lembra?

Fica. Fica porque eu faço mais sentido assim. Fica porque já que des-amar será impossível, pelo menos a sua presença é minha resignação. Inquieta, mas ainda assim resignação. Fica porque gostar de você a seu lado é muito mais fácil.


[.. então temia uma aproximação que só faria desiludi-la na confirmação de que um ser não transpassa o outro como sombras que se trespassam. - C.L.]





lição de casa

domingo, 15 de agosto de 2010

diário de ensaios #15

músicas do dia:

1) Dor de Cotovelo, por Elsa Soares, porque você ama o inimigo e se torna inimigo do amor.

2) Preciso Dizer Que Te Amo, por Bebel Gilberto e Cazuza, para te ganhar ou perder sem engano. sem engano.

3) Por Que Você Não Vem Morar Comigo, por Chico César, porque o amor me corta feito adaga mas vem você e afaga com afeto tão antigo.

*
'Não ligo se é amor ou amizade vaga. Dizem que o amor a amizade estraga e esta a este tira-lhe o vigor.'


'I sit ans I stare, I know that I'll soon go mad'


'O nome disso é substituição?'


'Eu te amo como quem descobriu a vida em você e por isso não quer te deixar ir embora.'


'Não é mais a minha mão que as suas tocam, como antigamente?'


'agora eu era herói e meu cavalo só falava inglês' (e Max, nosso anjo da guarda, recebeu a visita de um amigo muito especial)

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

ever falling down...

"do Pedro Machado, um amigo":


diário de ensaios #14

músicas do dia:

1) Coração Vagabundo, por Caetano Veloso e Gal Costa

2) Metade, por Adriana Calcanhoto

3) Resposta/ É O Amor, por Maria Bethânia


*

... e foi na espontaneidade dessa piada que eu senti alguém falar na mina cabeça: 'eu amo esse garoto!'. E essa voz tinha muita certeza.



quarta-feira, 11 de agosto de 2010

diário de ensaios #13

música do dia:

- Adagio Moderato do Concerto para Violoncelo e Orquestra em Mi Menor, OP. 85, de Edward Elgar

terça-feira, 10 de agosto de 2010

diário de ensaios #12

músicas do dia

1) Na Sombra de Uma Árvore, por Hyldon, pra você largar de ser boba e vir comigo...




2) Meu Bem Meu Mal, por Caetano Veloso - porque sim, né? (ah, e olha pra esse vídeo!!!)




3) Creep, por Radiohead, porque 'creeps', aren't we all?

Manon

CENA 2 - Palavras


Recorda-te… Não é mais a minha mão? Escute-me: não é mais a minha voz? Eu não tenho mais o meu nome? Não é mais a Manon?



segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Naquela cidade todo mundo tinha a voz parecida

por Kauê Telloli


Todos os nossos dias vão ser assim?
Todos…
E os deles?
Você não lembra?
Não. Já faz tempo… muito tempo…
Os deles são sempre iguais. Não são como os nossos…
E as noites?
As noites doem, por isso eles dormem pouco e sonham sempre em preto e branco…

Aqui faz frio, não é?
Faz, mas pode encostar…

Essa noite eu sonhei com você, de novo…
O que aconteceu?
Aquela mesma coisa de sempre… dessa vez em preto e branco…

Você acha que demora?
Não sei. Isso nunca aconteceu comigo antes…

Leite…
O quem tem?
Oi?
Você disse leite…
Não disse…
Esquisito, pensei ter escutado…


.

diário de ensaios #11

músicas do dia:

1) A Primeira Pedra, por Marisa Monte

2) A Bailarina E O Astronauta, por Tiê

3) Sem Fantasia, por Chico Buarque e Maria Bethânia

*

se o amor é cego, ele não acerta o alvo.




sexta-feira, 6 de agosto de 2010

diário de ensaios #10

músicas do dia:

1) 120... 150... 200 Km Por Hora, por Roberto Carlos, voando pela vida sem querer chegar em caminhos que me levam a lugar nenhum.

2) Outra Vez, por Maria Bethânia, pela saudade que eu gosto de ter.

3) Cantiga de Acordar, por Chico Buarque, Edu Lobo e Zizi Possi, pelo arranjo em três vozes e o chão que se há de por nos pés.

*

hoje, dia de muitas imagens, exercícios, risadas, poemas e sofridas lágrimas. lágrimas de Manon.

*


o ensaio, por Thiago Ledier:








quinta-feira, 5 de agosto de 2010

diário de ensaios #9

músicas do dia:

1) Tudo Sobre Você, por Zélia Duncan, pela ânsia da paixão.




2) Não Sei Dançar, por Marina Lima, pela 'solidão com vista pro mar' e pelo descompasso.




3) Só Sei Dançar Com Você, por Tulipa, pelo compasso encontrado em duo.



*

(Mayara no ensaio.)

(O ensaio, por Mayara.)

(O ensaio, por Mayara #2.)



diário de ensaios #8

voltamos de recesso e agora o processo é ininterrupto.

as músicas do ensaio de hoje foram (bem calmas, de início, não necessariamente para cortar os pulsos):

1) All Star, por Nando Reis, lembrando que 'estranho seria se eu não me apaixonasse por você'...




2) Contato Imediato, por Arnaldo Antunes, flutuando no realismo fantástico (e, por que não, amoroso?).




3) Se Enamora, por Tiê, em vôo direto à ingenuidade infantil (tão perene)...



*

e algumas de nossas imagens foram: